Suínos

Com hábitos gregários, os suínos são alojados em grupos, em baias projetadas com espaço suficiente para que possam se movimentar.

A cooperativa possui 60% das propriedades com sistema de alojamento de matrizes suínas em baias coletivas. Este dado é atualizado por um senso bianual realizado pela equipe técnica.

Como forma de orientação às equipes de assistência técnica e produtores, a Cooperativa desenvolveu material técnico informativo - Cartilha de Gestação Coletiva de Matrizes Suínas, contendo os princípios de bem-estar animal seguidos pela empresa e as recomendações para construções e adaptações das propriedades.

Sendo assim, todas as propriedades que forem construídas, reformadas ou ampliadas, seguem as recomendações e princípios de bem-estar animal descritos nessa Cartilha.

Periodicamente são realizadas visitas com aplicação de checklist completo, que envolve, além da verificação da evolução da transição do sistema de alojamento de matrizes suínas, a biosseguridade das nossas granjas. O objetivo é manter e evoluir nosso sistema de transição, chegando a 100% até 2045, conforme Instrução Normativa 113, de 16 dezembro de 2020, para granjas já construídas. Para as reformas e ampliações já em andamento, o nosso compromisso de transição se mantém para 2026, sendo que o prazo final da Instrução Normativa 113, é de 1º de janeiro de 2031. Para as novas construções a partir de 2021 é obrigatório que estejam no padrão de gestação coletiva.

Suínos

Aves

Garantimos espaço adequado para as aves expressarem seu comportamento natural de espojar, bater asas e ciscar.

Nenhuma ave do sistema de produção da Aurora é mantida em gaiola.

70% das propriedades de frango de corte da Aurora são aviários do tipo convencional, de pressão positiva, com iluminação natural durante todo o dia.

Atendemos ao mínimo de 4 horas de escuro durante a noite. Todas as propriedades possuem o Manual de Manejo e Orientações Técnicas – Frangos de Corte com orientações sobre manejo e bem-estar animal.

Na produção de frangos de corte, a Cooperativa busca o progresso por meio de pesquisas, e a ambiência é um dos fatores de suma importância no processo de produção animal. Há investimento constante em melhorias ambientais nas instalações para proporcionar conforto térmico adequado aos animais através de controladores de temperatura, umidade relativa, ventilação, iluminação, radiação, entre outros. Estes fatores influenciam diretamente no bem-estar das aves.

Nossos aviários possuem sistemas de aquecimento e resfriamento, conforme a época do ano, proporcionando conforto térmico às aves, permitindo que elas expressem seu comportamento natural. Todas as propriedades de frangos de corte da Cooperativa são asseguradas.

No ano de 2020, a Cooperativa passou a utilizar somente ovos provenientes de fornecedores que possuem sistema cage-free em 100% de sua produção de industrializados.

A Cooperativa mantém seu compromisso em utilizar somente insumos oriundos de galinhas livres de gaiolas para a produção de seus produtos, com declaração comprobatória do fornecedor. Prova disso é a classificação da Cooperativa no relatório anual da EggLab 2020.

Práticas de manejo

Com os estudos técnicos e as adaptações, a Aurora Alimentos reduziu e, aboliu algumas práticas de manejo utilizadas nos processos. Entre elas, podemos citar:

Em relação à castração cirúrgica dos leitões, a Cooperativa preconiza a adoção da castração imunológica, promovendo maior conforto e menor estresse aos animais. Porém, quando não for possível, a prática deve ser realizada, por recomendação técnica, com uso de anestésico. No entanto, conforme a Instrução Normativa 113, de 16 de dezembro de 2020, todas as granjas terão até o dia 1º de janeiro de 2030 para utilizar analgesia e anestesia em toda e qualquer castração cirúrgica, independente da idade do animal.

O corte de dentes dos leitões não é uma prática recomendada nas granjas. A Cooperativa atende as orientações da Instrução Normativa 113, de 16 de dezembro de 2020, que proíbe o corte dos dentes, e utiliza os procedimentos recomendados pelo Código Sanitário da Organização Mundial de Saúde Animal (OIE - Organização Internacional de Epizotias), que é o desbaste dos dentes (mas somente se o bem-estar da fêmea ou a face dos leitões da leitegada estiver comprometida).

praticas manejos aves

Não adotamos a prática de debicagem na criação de aves, em nenhuma fase de produção.

A Cooperativa opta somente pela adoção a Imunocastração, por ser uma prática menos invasiva.

praticas manejos aves

Na criação de aves, a prática da debicagem não é realizada pela Cooperativa, somente a Empresa que fornece os animais realiza esta prática. A Cooperativa não possui produção de ovos comerciais.

Referente ao corte da cauda dos leitões, a prática é realizada seguindo os procedimentos técnicos mundialmente reconhecidos pelo Código Sanitário da OIE (Organização Mundial de Saúde Animal). Este manejo é necessário para a manutenção do bem-estar animal. A Cooperativa está recomendando e orientando todo sistema de produção, conforme preconiza a Instrução Normatiza 113, de 16 de dezembro de 2020, para que o corte seja realizado apenas no terço final da cauda e até o terceiro dia de vida dos leitões.

práticas manejo
Nossas práticas

Nossas práticas

Acreditamos na transformação do mundo em um lugar mais justo, feliz, equilibrado e com melhores oportunidades para todos.

Com a missão de "Valorizar a qualidade de vida no campo e na cidade, produzindo alimentos de excelência" e a visão de "Ser referência como Cooperativa fornecedora de alimentos", a Cooperativa adota como prática quatro pilares: a excelência de uma boa alimentação, a construção de alojamentos adequados, um transporte eficiente e profissionais especializados. Tudo muito bem estruturado para garantir a qualidade em todas as etapas – da criação até a sua casa.

Se você ficou com alguma dúvida sobre os nossos processos, a nossa equipe de especialistas pode te ajudar.
SAC AURORA - 0800 011 3500
Horário de atendimento:
Segunda a Sexta das 08h00 às 18h00.
Sábado das 08h00 às 15h00.
Aurora

Copyright® Aurora - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por BRSIS